segunda-feira, 19 de março de 2012

Encaminhando o tampo

Tendo a base feita, a proxima etapa foi montar o tampo para a mesinha.





Assim, foram feitos rasgos para colocar biscoitos nas emendas para facilitar e ajudar a manter o alinhamento das tabuas do tampo e entao, depois de aplicada cola, foram para os grampos.



Enquanto a colagem ocorria, aproveitei para efetuar uma modelagem nas traves do suporte da mesa, fundamentalmente para quebrar as linhas retas e adicionar um pouquinho de complexidade na forma para combinar com o estilo impregnado pelas pernas cabriolet...

Quando removi o tampo da colagem pude perceber nele uma nitida tendencia para canoar, fundamentalmente ocasionada pela tabua do meio, de louro gaucho. Isso e um pouco de consideracoes esteticas vieram sugerir eu colocasse uma barra estabilizadora nas extremidades do tampo, o que os Grandes Irmaos chamam de breadboard.

Falar em consideracoes esteticas, ja que o suporte havia sido arredondado pareceu-me mandatorio igualmente o tampo recebesse arredondamentos para homogeneizar o estilo.
O tampo ja colado e com os breadboards e com arredondamentos aplicados
Pinos para fixacao do breadboard



Como a utilizacao do breadboard cria uma situacao de veios cruzados, a fixacao nao pode ser por colagem ou a expansao e contracao da madeira com as variacoes de umidade e temperatura ocorrendo em direcoes cruzadas na zona da emenda levariam inevitavelmente `a sua ruptura. O metodo que elegi para contornar o problema foi fazer a fixacao com espiga e fura, a espiga mais estreita do que a fura para deixar espaco para a madeira 'trabalhar', e fixar a emenda com tres pinos de madeira a cada lado, como apontado pelas setas vermelhas na foto ao lado, tomada do lado inferior do tampo. Os pinos nao ultrapassam a espiga, de forma que no lado superior o breadboard fica integral.

O pino central e' colado. Nas extremidades, onde o efeito do 'trabalho' da madeira se manifestara com toda a intensidade, nao vai cola e o encaixe do pino na espiga e' aberto em rasgo, permitindo a expansao e contracao da madeira. Apenas a parte mais exterior do pino recebe um pingo de cola para fixar-se.


Agora falta complementar a modelagem do tampo arredondando o seu perfil, o que pretendo fazer utilizando tupia, e entao partir para efetuar a fixacao do tampo ao suporte da mesinha...




Enquanto isso, para ter uma impressao de como a coisa vai ficar coloquei o tampo como esta sobre o suporte. Vejam voces...

Nenhum comentário:

Postar um comentário